Maranhão sobre alianças: O adversário de hoje pode ser o correligionário de amanhã

O senador e presidente do PMDB estadual, José Maranhão, afirmou que o ideal é que a aliança com o PSB do governador Ricardo Coutinho se estenda na maioria das cidades da Paraíba.

– Cada município tem a sua realidade e seus atores. Evidentemente que toda regra tem suas exceções. Vamos ter municípios em que a aliança com o PSB não vai se consubstanciar, por força das determinantes locais. Guarabira é um desses casos. Em João Pessoa, o diretório defende candidatura própria com a possibilidade de fazer aliança no segundo turno. Nas duas cidades que tem segundo turno, João Pessoa e Campina Grande, se não fizermos aliança no primeiro turno faremos no segundo – comentou.

Maranhão afirmou que as alianças em eleições estaduais são mais amplas do que as alianças nos municípios, pois frisou que é difícil conciliar os conflitos municipais.

Indagado se haveria possibilidade de uma aproximação com o PSDB do senador Cássio Cunha Lima, Maranhão ponderou que “existe uma evolução muito grande nos costumes políticos do Estado”.

– Existe uma independência do eleitor, em relação às conveniências das siglas partidárias. O adversário de hoje pode ser o correligionário de amanhã – pontuou.

As declarações repercutiram na Rádio Panorâmica FM.

Fonte: Da Redação

Compartilhar

Enquete

Você concorda com a volta às aulas presenciais este ano?

Cotações

  • Dólar Turismo
  • Libra
  • Peso Arg.
  • Bitcoin

Denuncie pelo WhatsApp