MDB acumula mais baixas e Maranhão vai ficando isolado

Em menos de 24 horas, um deputado federal, um senador e um secretário de Estado anunciaram desfiliação de seus partidos e até sexta-feira ingressarão em novas legendas. No MDB, o deputado federal Veneziano Vital do Rego ainda não revelou seu destino, embora as apostas girem em torno do Podemos e do PSB, mas aumentou a lista de baixas do partido e enfraqueceu a pré-candidatura do senador José Maranhão a governo do Estado.

Em seguida foi a hora do senador da república, Raimundo Lira, que desfilou-se do MDB e hoje ingressou nas fileiras do PSD, com as bênçãos do senador Gilberto Kassab e do deputado federal Rômulo Gouveia, deputado ligado ao senador Cássio Cunha Lima.

Para o MDB os prejuízos vêm sendo maiores. Antes, vice-prefeito de João Pessoa, Manoel Júnior já havia deixado o partido e registrado filiação no PSC por não concordar com a pré-candidatura do senador José Maranhão, além do deputado federal André Amaral e do deputado estadual Nabor Wanderley que também abandonaram a legenda.

A saída do deputado federal Hugo Mota, que atualmente preside o PRB na Paraíba foi outra que abalou o partido.

Compartilhar

Enquete

Você concorda com a volta às aulas presenciais este ano?

Cotações

  • Dólar Turismo
  • Libra
  • Peso Arg.
  • Bitcoin

Denuncie pelo WhatsApp