MDB ‘convenceu’ Tatiana Medeiros a aceitar pré-candidatura em CG mesmo após insucessos eleitorais

103
Foto: Ascom

A médica e presidente do MDB de Campina Grande, Tatiana Medeiros, falou nesta segunda-feira (6) sobre sua pré-candidatura a prefeita que foi referendada pelo partido na última sexta-feira (3). Ela disse que já tinha decidido não mais disputar cargos políticos, mas que foi convencida pelos filiados.

“Desde 2019 o presidente estadual do MDB, o senador José Maranhão, vem trabalhando na perspectiva de candidatura própria nas principais da Paraíba e Campina Grande não poderia ficar de fora. Na última semana realizamos uma reunião virtual e meu nome foi consenso para essa disputa, mesmo eu já tendo decidido não mais participar de eleições, de não mais ocupar cargos na gestão pública. Vivo da produção do meu trabalho, sou operária da saúde há quase 30 anos. Durante essa pandemia não deixei de trabalhar um único dia e só tenho gratidão a Deus por me dar saúde para acolher e atender aqueles que precisam de mim”, revelou.

Além de ter atuado na Secretaria Municipal de Saúde no Governo Veneziano e na Gerência Regional do Governo Ricardo Coutinho, Tatiana já tentou vaga na Assembleia Legislativa da Paraíba em 2010 (10.408 votos) e 2014 (11.568), na Câmara do Deputados (11.637 votos) e em 2012 foi candidata a prefeita perdendo para Romero Rodrigues (PSD).

A médica entra na lista de pré-candidatos que inclui: Artur Bolinha (PSL), Ana Cláudia Vital do Rêgo (Podemos), Coronel Márcio Saraiva (Democratas), Tovar Correia Lima (PSDB), Bruno Cunha Lima (PSD) e Inácio Falcão (PCdoB).

Redação Paraíba Debate

VEJA TAMBÉM:

PT de CG desaprova candidatura própria de professor para apoiar Inácio Falcão e deve indicar vice

Compartilhar

Enquete

Você concorda com a volta às aulas presenciais este ano?

Cotações

  • Dólar Turismo
  • Libra
  • Peso Arg.
  • Bitcoin

Denuncie pelo WhatsApp