Modelo que prometeu sexo contra reforma política vai se lançar candidata

Em 2016, Paola Saulino virou notícia mundial ao prometer sexo a eleitores que votassem no “não” no referendo de reforma política promovido pelo governo da Itália. Com a vitória nas urnas, Paola Saulino saiu em turnê para pagar a promessa. Segundo os seus cálculos, Paola fez sexo oral em 700 homens, de várias cidades italianas.

Semana passada, Paola voltou a ser notícia. Defensora do ex-premier Silvio Berlusconi, Paola teve a sua conta suspensa no Instagram pelo “risco de influenciar eleitores” no pleito geral italiano, prometendo mais sexo pelos votos em algum candidato.

Bem, Paola percebeu a sua força política e decidiu ela mesma ser candidata. Aos 28 anos, a modelo quer se filiar a um partido de direita e seguir os passos de outras políticas “improváveis” na Itália, como a ex-atriz pornô Cicciolina, nascida na Hungria e eleita deputada em 1987 com uma campanha contra a Otan e a energia nuclear.

Catoleemfoco com Extra

Compartilhar

Enquete

Você concorda com a volta às aulas presenciais este ano?

Cotações

  • Dólar Turismo
  • Libra
  • Peso Arg.
  • Bitcoin

Denuncie pelo WhatsApp