MONTADAS: Rei das Diárias aposta em obras faraônicas para bancar Big Brother familiar

1.056

Conhecido em todo o país como rei do nepotismo e das diárias, o atual prefeito de Montadas, Jonas de Souza (PSD), parece acostumado e confortável com o exagero e os superlativos decorrentes de suas ações. Do dia 1º de janeiro de 2017 até agora, ele e os familiares empregados em secretárias estratégicas já receberam mais de R$ 2,5 milhões dos cofres em função de salários e diárias. Este ano, a reforma de uma escola que inclui a construção do um segundo andar e instalação de elevador, também vem chamando atenção.

A catraca eletrônica foi adquirida por um valor três vezes maior que o de mercado e à empresa de um jovem filho de uma pré-candidata a vereadora em Montadas. A catraca comprada por R$ 17.400 tem o preço cotado em torno de R$ 6 mil.

A maior escola municipal de Montadas, a Erasmo de Araújo Souza (EMEFEAS), localizada no centro da cidade conta com 427 alunos matriculados em dois turnos. Na reforma que está sendo realizada a Prefeitura informou que irá construir um novo andar e daí a necessidade do elevador para garantir acessibilidade. A catraca será destinada ao controle de entrada e saída dos alunos, iniciativa louvável, não fosse o indício de superfaturamento.

Numa cidade em que a população não ultrapassa os 6 mil habitantes e sofre com falta de água, assistência social e à saúde, os superlativos se traduzem em ostentação e irregularidades.

A reforma da escola teve a ordem de serviço em abril e no final do mesmo mês, o Tribunal de Contas do Estado da Paraíba, por meio de cautelar, suspendeu licitação, realizada pela Prefeitura, por considerar que itens licitados não são essenciais para enfrentamento da pandemia do coronavírus.

O certame também apresentou indícios de irregularidades em relação à competitividade.

Entre as irregularidades verificadas pelos auditores, com base na documentação encaminhada pela Prefeitura, evidenciam-se, “redução considerável da competitividade do certame e a exposição dos licitantes e servidores do município a desnecessários e potenciais riscos à saúde, decorrente do coronavírus; carência de essencialidade dos produtos definidos no objeto do pregão para o enfrentamento da pandemia.

O TCE também constatou que a Prefeitura não adotou tratamento diferenciado e simplificado para microempresas e empresas de pequeno porte, estabelecendo prazo para as devidas justificativas.

Confira valor da catraca:





Rei do nepotismo e das diárias

O atual prefeito de Montadas é o mesmo que ficou conhecido nacionalmente pela prática de nepotismo. A família de Jonas detém quase todas as secretarias municipais, notadamente as mais importantes como Finanças, Saúde, Infraestrutura e Administração, comandadas por irmãos, sobrinhos e esposa.

Para se ter um ideia, nos últimos três anos e meio, eles já receberam mais de 2 milhões, o equilvalente a se ganhar no Big Brother Brasil ou a Mega Sena duas vezes. A soma é alcançada ao juntar os salários com diárias, premiações de programas federais e hora-extra.

A soma das diárias do prefeito – cuja ostentação com carros de luxo, viagens e imóveis recém comprados chama a atenção da população – dá mais de meio milhão. Com o controle familiar das secretarias, a impressão é que o público se aproxima demais do privado e tudo acaba ficando fica em casa em detrimento da população que assiste a um reality show.

“É imoral esse favorecimento de uma única família e o descaso com a população. É preciso despertar e nessas eleições dar o recado para prefeito que não olha para o povo que foi eleito pra representar”, disse o aposentado João da Silva.


Compartilhar

Enquete

Você concorda com a volta às aulas presenciais este ano?

Cotações

  • Dólar Turismo
  • Libra
  • Peso Arg.
  • Bitcoin

Denuncie pelo WhatsApp