MPF denuncia ex-prefeito e filho por desvio de verbas em Imaculada, PB

Município de Imaculada, Paraíba

O ex-prefeito de Imaculada, José Ribamar da Silva, e o seu filho André Diogo Firmino, ex-tesoureiro do município, foram denunciados pelo Ministério Público Federal (MPF), em Monteiro, por desvio de R$ 606.091,03 de recursos públicos em benefício próprio. Segundo a denúncia, a prática teria ocorrido entre junho e dezembro de 2012. Além do prejuízo aos cofres públicos, a ação resultou no atraso de três meses de salário e 13º salário de 516 funcionários da Prefeitura de Imaculada.

De acordo com a denúncia apresentada pelo MPF, nos últimos seis meses de mandato do prefeito José Ribamar da Silva, o gestor e o filho realizaram 110 operações de saques em espécie pela conta corrente da Prefeitura de Imaculada em uma agência bancária, na cidade de Afogados da Ingazeira, em Pernambuco.

Conforme o MPF, os valores sacados eram provenientes de diversos recursos federais, como convênios, termos de parceria, Fundeb e Fundo Municipal de Saúde, que eram transferidos para a conta do Fundo de Participação dos Municípios (FPM) e outra conta da prefeitura.

Paraíba debate com G1

Compartilhar

Enquete

Você concorda com a volta às aulas presenciais este ano?

Cotações

  • Dólar Turismo
  • Libra
  • Peso Arg.
  • Bitcoin

Denuncie pelo WhatsApp