“Não justifica mudar apenas por mudar”, diz Pedro Cunha Lima ao garantir permanência no PSDB

O deputado federal Pedro Cunha Lima (PSDB) não deixará o PSDB para se filiar a nenhum outro partido. O tucano revelou que recebeu convite para ingressar no PPS, que em seu congresso nacional aprovou indicação de apoio à Geraldo Alckmin, governador de São Paulo e pré-candidato à presidência pelo PSDB, mas negou que tenha havido conversas com dirigentes do Avante ou do Partido Novo.

“Não tenho interesse de trocar de partido por trocar ou, o que seria pior, sair de uma legenda e me filiar a outra ‘para ter um partido e chamar de meu’. Não é essa a mudança que as pessoas esperam”, rechaçou.

Pedro admitiu que foi convidado a compor um movimento que iria reestruturar o Partido Popular Socialista (PPS), o que incluiria mudar o nome da legenda e a sua linha de atuação ideológica. Políticos filiados a várias agremiações foram convidados a participar dessa nova proposta, inclusive o paraibano. Contudo, o movimento terminou não acontecendo na dimensão esperada.

“Não justifica mudar apenas por mudar. Mais do que um partido ou mudança de siglas, as pessoas estão procurando mudanças de atitudes. E esse continua sendo meu foco”, comentou.

Veja também:

Compartilhar

Enquete

Você concorda com a volta às aulas presenciais este ano?

Cotações

  • Dólar Turismo
  • Libra
  • Peso Arg.
  • Bitcoin

Denuncie pelo WhatsApp