“Não sei se vou ser candidato a reeleição, está muito longe ainda 2022”, diz Bolsonaro após derrota de Trump

181

Jair Bolsonaro continua ignorando a vitória do democrata Joe Biden como presidente dos Estados Unidos. Neste domingo (8), um dia depois do anúncio que sacramentou a derrota de seu ídolo, o atual presidente, Donald Trump.

Em live de meia hora feita horas depois do anúncio pela imprensa estadunidense, o presidente brasileiro não apenas ignorou o assunto como afirmou que não é certo que será candidato à reeleição em 2022. “Está muito longe”, disse.

Ele fazia um apelo para que os eleitores não deixassem de votar nas eleições municipais deste ano – não “desperdicem o voto”, afirmou – e lamentou que a América do Sul esteja novamente sendo “pintada de vermelho” – o presidente da Bolívia, Luis Arce, tomou posse neste domingo (8).

Como presidente, Bolsonaro disse que não pode “mudar o destino do Brasil” de acordo com o que considera que precisa ser mudado. “Não quer dizer que eu seja candidato a reeleição. Não sei se vou ser candidato a reeleição, está muito longe ainda 2022”, afirmou. Outros líderes de extrema direita aliados de Bolsonaro, como Benjamin Netanyahu, de Israel, e Viktor Orban, da Hungria, já cumprimentaram Biden. Segundo informações de bastidores, o governo está rachado sobre qual posição deve tomar – aguardar os processos judiciais de Trump contra o resultado ou se antecipar e reconhecer Biden.

Redação Paraíba Debate com Informações Brasil 247

Compartilhar

Enquete

Você concorda com a volta às aulas presenciais este ano?

Cotações

  • Dólar Turismo
  • Libra
  • Peso Arg.
  • Bitcoin

Denuncie pelo WhatsApp