NEPOTISMO: Prefeito paraibano é acusado de contratar a mãe e dar aumento salarial

O Ministério Público de Contas da Paraíba ingressou com representação no Tribunal de Contas do Estado (TCE-PB) contra o prefeito de Piancó, Daniel Galdino (PSD), e de sua mãe, a ex-prefeita municipal, Flávia Galdino, por nepotismo, em virtude de tratamento privilegiado concedido pelo gestor à sua genitora, em contrariedade à Constituição Federal e a leis municipais.

Em síntese, constatou-se que o prefeito atraiu para o quadro funcional do município a sua mãe, até então médica no município de Pocinhos e, logo após, utilizou-se de sua posição para designá-la para funções que possibilitaram elevação da remuneração da servidora em mais de 1000%, contrariando leis municipais e propiciando tratamento diferenciado para a ex-prefeita.

Os mesmos fatos já foram objeto de denúncia na esfera penal por parte do Ministério Público do Estado, cabendo agora ao Tribunal de Contas a adoção das medidas pertinentes no âmbito de sua competência, de acordo com o MP que atua junto ao TCE.

O Processo está sob a Relatoria do Conselheiro Arthur Paredes Cunha Lima.

Gabriel Barbosa com Click PB

Veja também:

Compartilhar

Enquete

Você concorda com a volta às aulas presenciais este ano?

Cotações

  • Dólar Turismo
  • Libra
  • Peso Arg.
  • Bitcoin

Denuncie pelo WhatsApp