No mesmo dia que Cartaxo exonera aliados de Maranhão, Ricardo admite diálogo com prefeito

O governador Ricardo Coutinho (PSB), na manhã desta quarta-feira (07) durante a abertura do ano letivo da Rede Estadual de Educação, admitiu diálogo com o prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo (PSD). De acordo com Ricardo, ele está aberto para conversar com qualquer um sobre melhorias para o Estado.

“Em função dos interesses da Paraíba eu sou obrigado a discutir com todos os agentes que queiram discutir comigo. Os que não querem, eu não chamo. Mas os que querem, eu sou obrigado a discutir porque é uma questão óbvia, eu olho para o Estado da Paraíba. Se for para construir o que seja melhor para esse Estado, com conteúdo, com começo, meio e fim, com respeito ao dinheiro público, às políticas públicas, se for para isso, eu converso com todos que por ventura queiram conversar comigo”, disse.

Cartaxo não esconde a sua insatisfação com a oposição, que adia a definição sobre nomes para o pleito deste ano a seu contragosto, tanto que no início desta tarde exonerou em uma canetada só dois aliados do senador José Maranhão (MDB) que faziam parte da administração, o que pode representar um rompimento.

Foram dispensados Laplace Guedes, subsecretário do Procon de João Pessoa, que inclusive é casado com uma sobrinha de José Maranhão. A outra exoneração trata-se de Antônio de Sousa, tesoureiro do MDB, que estava lotado como assessor na Secretária de Finanças.

Veja também:

Compartilhar

Enquete

Você concorda com a volta às aulas presenciais este ano?

Cotações

  • Dólar Turismo
  • Libra
  • Peso Arg.
  • Bitcoin

Denuncie pelo WhatsApp