NO SERTÃO: Polícia investiga estupro de criança de dois anos; mãe afirma que filha teria sofrido queda

Uma criança de dois foi vítima de abuso sexual na cidade de Santana de Mangueira, Sertão paraibano. De acordo com informações da Polícia Militar, a criança já vinha sofrendo abusos há um tempo, mas a polícia só teve conhecimento do caso nesse domingo (26).

De acordo com informações do delegado Demétrius Patrício, a criança chegou ao Hospital Infantil de Patos com ferimentos nas partes íntimas, e então os médicos acionaram a Polícia Civil. Foi feito o exame pericial que confirmou o abuso sexual.

“Com o exame foi confirmado que ela sofreu e estava sofrendo abuso, não foi uma única vez, ela estava sofrendo há um certo tempo”, afirma o delegado em entrevista ao radialista Fábio Diniz, da Arapuan FM em Patos.

A mãe da vítima alegou que o ferimento íntimo se tratava de uma queda na calçada, e afirmou desconhecer abuso sofrido pela filha. Segundo Demétrios, inicialmente, a responsável sustentou que a criança não tinha contatos com desconhecidos, mas ao decorrer do depoimento admitiu que saía para trabalhar e deixava a criança em casa com uma pessoa, que geralmente recebia conhecidos no local.

O caso foi encaminhado para a Delegacia de Itaporanga, que vai investigar o caso.

Redação com Mais PB

Veja também:

Compartilhar

Enquete

Você concorda com a volta às aulas presenciais este ano?

Cotações

  • Dólar Turismo
  • Libra
  • Peso Arg.
  • Bitcoin

Denuncie pelo WhatsApp