OAB Campina Grande é contra projeto de Lei “ideologia de gênero” da Câmara de Vereadores

Imagem: Ascom OAB-CG

O Comitê em Defesa da Educação Pública de Campina Grande, formado por diversas entidades, encaminhou três propostas nesta quinta-feira (19), na Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) subseção de Campina Grande, durante o debate “Desconstruindo a Ideologia de Gênero”. Uma delas é emitir uma Nota de Repúdio dirigida à Câmara Municipal, a outra é solicitar que a própria OAB manifeste publicamente o apoio assinando também a nota e outra é cobrar da Secretaria de Educação (Seduc) uma maior abertura para debater o assunto nas escolas.

Imagem: Herry Charriery, presidente da Comissão de Gênero e Diversidade da OAB-CG

Ainda ficou decidido que a Secretaria encampe uma campanha de formação continuada para todos os profissionais da rede para desfazer certa confusão que foi instalada com relação ao tema. O auditório estava lotado e o presidente da Comissão de Gênero e Diversidade da OAB-CG, Herry Charriery, mostrou os impactos negativos do Projeto de Lei (PL) nº 582/2017, de autoria do vereador Pimentel Filho (PMDB), que dita a “proibição do ensino da ideologia de gênero e distribuição de material didático com conteúdo impróprio a crianças e adolescentes em âmbito escolar”.

Valdívia Costa do PB Debate

Veja também: Empossado, Díaz-Canel diz que não há lugar em Cuba para quem defende a volta do capitalismo

Compartilhar

Enquete

Você concorda com a volta às aulas presenciais este ano?

Cotações

  • Dólar Turismo
  • Libra
  • Peso Arg.
  • Bitcoin

Denuncie pelo WhatsApp