Operação da PF investiga fraudes no ‘Minha Casa Minha Vida’ na Paraíba

Foto: Reprodução

A Polícia Federal deflagrou na manhã desta terça-feira (05), em João Pessoa e Santa Rita, uma operação para investigar fraudes contra o programa do governo federal Minha Casa Minha Vida na Paraíba. O prejuízo suportado pela Caixa Econômica Federal é superior a R$ 5 milhões devido a estas fraudes.

A segunda fase da Operação Falsa Morada tem como objetivo desbaratar uma organização criminosa que atua de forma fraudulenta. De acordo com as investigações, há fortes indícios de que dezenas de financiamentos habitacionais foram concedidos para casas inexistentes mediante apresentação de documentos falsos. Para conseguir o benefício, a quadrilha utilizou vários documentos falsos como alvará de construção, “habite-se”, escrituras, laudos de vistoria. As casas inexistentes utilizadas pela quadrilha ficam, em tese, todas localizadas em Santa Rita, na Região Metropolitana de João Pessoa.

Estão sendo cumpridos dez mandados de busca e apreensão e três de prisão preventiva, além do sequestro de bens e valores dos investigados. Para esta operação, foram mobilizados 60 policiais.

Os investigados devem responder pelos crimes de organização criminosa, obtenção fraudulenta de financiamento perante instituição oficial e corrupção passiva e as penas variam de 2 a 12 anos de reclusão, podendo ser acrescidas em até 1/3.

Às 11h será concedida uma entrevista coletiva para tratar de detalhes sobra a operação na sede da Superintendência da Polícia Federal, localizada em Cabedelo.

Compartilhar

Enquete

Você concorda com a volta às aulas presenciais este ano?

Cotações

  • Dólar Turismo
  • Libra
  • Peso Arg.
  • Bitcoin

Denuncie pelo WhatsApp