Para prefeito do PSDB, relacionamento entre Cartaxo e Ricardo “já passou até da fase do namoro”

Foto: Reprodução

Pelo menos dois episódios ocorridos nos últimos tempos mostram, na opinião do prefeito de Guarabira, Zenóbio Toscano do PSDB, um relacionamento entre o prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo (PV) e o governador Ricardo Coutinho (PSB) que “já passou até da fase do namoro”. Em entrevista a um programa de rádio nesta segunda-feira (19), Zenóbio não quis “botar terra” numa possível composição do PSDB com os irmãos Cartaxo, mas questionou os motivos que os levaram a deixar o PSD do deputado Rômulo Gouveia, migrando para o Partido Verde.

Provocado sobre a possibilidade de Lucélio encabeçar a chapa ao governo – tese defendida esta manhã pelo secretário de Articulação Política de João Pessoa, Zennedy Bezerra (PMN) – Zenóbio questionou: “Não vejo dificuldade dele ou de qualquer outro que esteja com disposição de fazer oposição ao Governo do Estado. Agora, na hora que Luciano deixa o PSD (…) para ir para outro partido, fica a interrogação: ele foi com que objetivo?”.

Para o tucano, não só este episódio, mas o cancelamento da coletiva convocada por vereadores de oposição há cerca de um mês, também demonstram uma aproximação de Cartaxo com Ricardo.

“Na minha avaliação já existia a algum tempo um namoro entre Ricardo e Luciano. Nós temos sinalização nesse sentido. Para mim estava muito claro isso. Aliás, já tinha passado até da fase do namoro (…) Um exemplo disso é a coletiva que ia existir dos vereadores – ‘uma bomba’, disseram – e que foi suspensa em cima da hora, abortada por um vereador do PSB. A mando de quem?”, indagou.

Zenóbio preferiu não tornar pública a sua preferência para a composição do PSDB nestas eleições e defendeu que o partido converse com outras legendas sem imposição, com o objetivo de formar uma chapa competitiva.

Redação com Blog do Gordinho

Veja também:

Compartilhar

Enquete

Você concorda com a volta às aulas presenciais este ano?

Cotações

  • Dólar Turismo
  • Libra
  • Peso Arg.
  • Bitcoin

Denuncie pelo WhatsApp