Paróquia de Pocinhos entrega altar restaurado avaliado em R$ 120 mil; cerimônia acontece nesta quinta com Bispo

Igreja Matriz de Pocinhos – Foto: divulgação

Em 1908 – ano bissexto do século XX que a Igreja Nossa Senhora da Conceição, em Pocinhos, cariri do estado, cerca de 186 Km da Capital João Pessoa, era inaugurada. Foi um período que se notabilizou pelos inúmeros avanços tecnológicos, retratados nas pinturas e na construção da paróquia pocinhense.

Nesta quinta-feira (01), o “novo” altar será entregue aos fiéis das 34 comunidades, distribuídas entre Pocinhos e Montadas. A cerimônia está marcada para às 19h e contará com a presença do bispo diocesano, Dom Manoel Delson, e de 12 padres convidados. Foram mais de dois anos, entre o projeto de restauração e a conclusão da obra. O valor, que foi arrecadado por toda comunidade da paróquia é de aproximadamente R$ 120 mil.

Com o tempo e os novos avanços tecnológicos tudo mudou. O altar original perdeu lugar para um considerado “atual” e “moderno”, e a nova arquitetura do século XXI começou a ser utilizada e descaracterizou o que a igreja tinha de mais importante: sua originalidade.

Altar Restaurado - 1908
Altar Restaurado – 1908

Pensando em resgatar a originalidade da matriz de Pocinhos, há cerca de dois anos, o Pe. Severino Firmino, desenvolveu um projeto de restauração de todo o Altar da Matriz. Para isso, o sacerdote contou com a ajuda da assessoria do patrimônio histórico de Olinda, no Recife. Pe. Severino não pôde concluir seu desejo, pois foi transferido para paróquia de N. Sra. das Mercês, em Cuité, no dia 31 de maio de 2014.

Com a chegada no novo Padre, Francisco Possiano, em junho de 2014, o projeto deu continuidade. Possiano confidenciou que as primeiras perguntas da comunidade foram com relação a continuidade da festa da Padroeira, N. Sra. da Conceição, e a restauração desse altar.

A partir desse momento o Pe. Possiano começou uma grande campanha, realizando eventos religiosos, com o objetivo de arrecadar o valor, avaliado em R$ 120 mil, que seria dividido em quatro parcelas.

O padre também explicou que foi necessário resgatar a pintura original de uma parede que fica aos fundos do altar e de um piso, chegando ao montante de R$ 195 mil.

A restauração também conta com a ajuda da comunidade.
A restauração também conta com a ajuda da comunidade.

Outro detalhe importante nessa restauração é o envolvimento de membros da comunidade. De acordo com Pe. Possiano, vários voluntários se juntaram a equipe de profissionais de Olinda, auxiliando nos trabalhos minuciosos.

Possiano ainda explicou que a vontade pessoal seria restaurar toda pintura da Matriz, mas os poucos recursos financeiros impossibilitam esse desejo. Ele ainda destacou a importância dessa obra para a comunidade. “Essa não é simplesmente uma obra, mas sim, um bem sentimental que devolvemos à comunidade. Pessoas já vieram de longe relembrar o que antes estava guardado em fotografias”, disse.

Ele ainda disse que a restauração não se trata de uma vaidade. “Como padre não tenho nenhuma vaidade, a minha tentativa foi fazer a comunidade feliz”, desabafou.

O funcionário público, Tiago Monteiro, aprovou a iniciativa da igreja. “A comunidade pocinhense está muito feliz por esse resgate histórico-cultural. A nossa geração só conhecia o antigo altar por fotos e hoje temos a honra de prestigiar essa restauração. Momento de alegria em nossa cidade, principalmente para a comunidade católica”, disse.

A cerimônia de entrega do Altar entra na programação das festividades da Padroeira da Matriz, que finalizada no próximo dia 8 de dezembro com uma missa ao ar livre, em frente a igreja, centro de Pocinhos.

Reportagem Paolloh Oliver – Redação Paraíba Debate.

Compartilhar

Enquete

Você concorda com a volta às aulas presenciais este ano?

Cotações

  • Dólar Turismo
  • Libra
  • Peso Arg.
  • Bitcoin

Denuncie pelo WhatsApp