PDT da Paraíba pode ter apoio de pessoa da situação

Imagem: Ilustração

Dois políticos do Partido Democrático Trabalhista (PDT) afirmaram a possibilidade de ter apoio de alguém da chapa da situação. Em entrevista à rádio Arapuan FM, o prefeito de Campina Grande, Romero Rodrigues, e o pré-candidato Lucélio convidaram a vice-governadora, Lígia Feliciano, para se juntar à oposição, já que ela esta no mesmo partido.

Romero afirmou que há possibilidades de mudar o cenário político. “Possibilidade de mudança? No que depender de mim, de Lucélio, de Cássio, de Luciano, de todo mundo, gostaríamos muito. Isso é um sentimento nosso, que Damião Feliciano estivesse conosco. Que a própria vice-governadora Lígia, que foi, de certa forma, talvez, desrespeitada e excluída desse processo, também estivesse ao nosso lado. E isso dela ser candidata a governadora seria o normal que qualquer grupo político faria. Mas não foi. E isso é um problema para eles terão que resolver”, disse.

Já Lucélio Cartaxo, disse que o casal Lígia e Damião é cortês. “Eles são pessoas de excelentes relações, estivemos já juntos em caminhadas passadas, são pessoas que gostam do bom diálogo, do debate. Então estamos abertos. Até porque a vice-governadora foi praticamente expulsa do governo atual. Nunca vi uma situação como esta, já que o governador foi eleito e ela também. Então é legítimo o posicionamento político de cada partido. Já que houve esse imbróglio todo, nós estamos de portas abertas, respeitando qualquer decisão que venha a ser tomada pelo PDT. Mas é inegável que temos boa relação para que possamos somar e alcançar o objetivo que é atender ao povo paraibano”, concluiu.

Redação PB Debate

Veja também: Iphan lançará concurso público com 411 vagas em todo o país

Compartilhar

Enquete

Você concorda com a volta às aulas presenciais este ano?

Cotações

  • Dólar Turismo
  • Libra
  • Peso Arg.
  • Bitcoin

Denuncie pelo WhatsApp