“Perdeu a chance de viver decentemente e vai pagar por isso”, afirma Romero sobre servidor preso por explosão a Banco

Imagem: divulgação

Em entrevista a uma emissora de rádio, o prefeito de Campina Grande, Romero Rodrigues(PSDB) fez um esclarecimento sobre a prisão de um assessor da Prefeitura, acusado de participar da explosão dos caixas eletrônicos de uma agência bancária no Partage Shopping, em Janeiro deste ano.

O gestor lamentou que uma pessoa da sua administração tenha tomado esse caminho, e reforçou que a primeira medida após ter sido noticiado o envolvimento do servidor foi exonerá-lo. Romero disse que Romário Freitas, que estava lotado como Chefe de Gabinete, dava expediente no turno da noite, e que a sua exoneração também terá efeitos retroativos, com a possibilidade do servidor ter que devolver os valores referentes aos salários recebidos.

“Foi preso e vai pagar pelos seus erros, infelizmente nós nunca sabemos da conduta das pessoas que trabalham ao nosso lado. Ele teve a oportunidade de seguir dignamente trabalhando de forma decente, mas perdeu a grande chance da vida dele”, lamentou.

O gestor disse conhecer a família do acusado, afirmando que todos eles são pessoas trabalhadoras e honradas.

Redação

VEJA TAMBÉM

Compartilhar

Enquete

Você concorda com a volta às aulas presenciais este ano?

Cotações

  • Dólar Turismo
  • Libra
  • Peso Arg.
  • Bitcoin

Denuncie pelo WhatsApp