Perícia diz que bebê encontrado morto em saco de lixo às margens da BR-104, morreu há cerca de 2 dias

A polícia trabalha para identificar a causa da morte do bebê encontrado na manhã de ontem, quinta-feira (15), dentro de um saco de lixo, jogado às margens da BR 104, entre as cidades de São Sebastião de Lagoa de Roça e Esperança, no Brejo paraibano. A criança, do sexo masculino, estava envolta em um saco transparente, dentro de um saco de lixo de cor azul.

O bebê foi encontrado já sem vida por um grupo de pessoas que esperavam ônibus às margens da BR, por volta das 7h. Imediatamente, as pessoas comunicaram à polícia. Ao chegar ao local, peritos constataram que se tratava de um bebê do sexo masculino, de cabelos pretos e já totalmente formado.

De imediato, a perícia identificou um ferimento na cabeça, levantando duas suspeitas: a de que o bebê teria sido vítima de uma pancada, antes de morrer s possivelmente ser abandonado na estrada; ou a de que o ferimento tenha sido acusado ao ser jogado, possivelmente, de um carro em movimento.

No final do dia o Núcleo de Medicina e Odontologia Legal – Numol de Campina Grande informou que os exames iniciais constataram que a criança sofreu traumatismo craniano. Outra constatação é a de que o bebê teria morrido há aproximadamente 48 horas.

Saiba mais:

Compartilhar

Enquete

Você concorda com a volta às aulas presenciais este ano?

Cotações

  • Dólar Turismo
  • Libra
  • Peso Arg.
  • Bitcoin

Denuncie pelo WhatsApp