Pertences e passaporte de Lula foram furtados em Curitiba, informa presidente do PT

A senadora Gleisi comanda o Partido dos Trabalhadores

A senadora Gleisi Hoffmann, presidente nacional do PT, informou nesta terça-feira, 17, que um carro que é usado pela assessoria do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva em Curitiba foi furtado na última segunda-feira (16) à noite em frente a um hotel em que se hospedam dirigentes do partido no São Francisco, bairro da região central de Curitiba.

“O carro foi arrombado. Furtaram objetos pessoais do ex-presidente, roupas limpas, roupas de cama, cartas enviadas a ele, uma pasta com documentos que tinham sido buscados no escritório de advocacia [que defende Lula], com o passaporte dele”, disse Gleisi.

“Estamos muito preocupados com isso”, disse ela, cobrando “responsabilidade na apuração” a cargo da secretaria de Segurança Pública do Paraná e mesmo do Ministério Extraordinário da Segurança Pública. “Pode ter sido um furto casual, mas pode ter sido outra coisa. Há pessoas que sabem onde a assessoria do presidente anda”, disse Hoffmann, sem explicar claramente a que se referiu.

Brasil 247

Veja também:

Compartilhar

Enquete

Você concorda com a volta às aulas presenciais este ano?

Cotações

  • Dólar Turismo
  • Libra
  • Peso Arg.
  • Bitcoin

Denuncie pelo WhatsApp