Polícia Militar prende bandidos do assalto aos Correios e libera reféns ilesos

imagem: foto da TV PB

A Polícia Militar da Paraíba agiu de maneira estratégica, negociando com os assaltantes da agência do Correios, no bairro do Bodocongó, sem ferir ninguém. Durante três horas na manhã desta quinta-feira (5), policiais se revesaram num trabalho intenso negociando com o assaltante, que ficou com dois reféns dentro da agência.

A ocorrência teve início antes das 8h. Três homens armados entraram na agência e anunciaram o assalto. Ao tentarem render o vigilante, ele reagiu e entrou em luta corporal com os criminosos. O motopatrulhamento do 10º Batalhão foi rapidamente até o local e impediu o crime. Dois deles foram pegos na porta da agência e o terceiro após as negociações.
A polícia não feriu ninguém, mas o vigilante saiu ferido com uma mordida provocada pela luta corporal que teve com um dos acusados. Os bandidos chegaram a atirar na agência, mas os tiros não pegaram em ninguém.

A identidade deles ainda não foi confirmada. Dois deles disseram que eram do Rio Grande do Norte e o terceiro, do Estado do Ceará. Eles estavam em um carro e uma moto. Com o trio, foram apreendidas duas pistolas calibre 380.

Eles foram levados para a sede da Polícia Federal, em Campina Grande. Além dos policiais do 10º Batalhão, o 2º Batalhão, o Batalhão de Operações Especiais (Bope), entre outros profissionais das forças de segurança da Paraíba, estiveram na ação.
Da Redação

Veja também: Homens assaltam agência dos Correios e fazem reféns

Idoso é atropelado por viatura que seguia para agência que estava sendo assaltada

Compartilhar

Enquete

Você concorda com a volta às aulas presenciais este ano?

Cotações

  • Dólar Turismo
  • Libra
  • Peso Arg.
  • Bitcoin

Denuncie pelo WhatsApp