PMDB decide nesta terça-feira se sai do governo

Foto: Marcello Casal Jr – Abr

O PMDB, maior partido da Câmara e do Senado, define nesta terça-feira (29) se continua no Governo Federal. A decisão é crucial para votação do impeachment no Congresso.

No último dia 12 de março, o PMDB reelegeu Michel Temer como presidente da legenda e deu um prazo para definir a permanência no Palácio do Planalto. Se o partido decidir sair do governo, deve entregar todos os cargos que tem na Esplanada. Membros do PMDB chefiam sete ministérios do governo, entre eles o da Saúde, que tem o maior orçamento.

Segundo o partido, nenhum filiado deveria assumir novo cargo na administração federal até a executiva nacional definir o futuro no governo. Mas o peemedebista Mauro Lopes assumiu a Secretaria da Aviação Civil e pode ser expulso do partido. Mauro disse que não tem receio de ser expulso.

O único que não pode deixar o cargo é Michel Temer, por ser vice-presidente da República. Temer desistiu da viagem que faria a Portugal para participar de evento convidado pelo ministro do Supremo, Gilmar Mendes, e que conta com participação de Aécio Neves, José Serra, entre outros.

Compartilhar

Enquete

Você concorda com a volta às aulas presenciais este ano?

Cotações

  • Dólar Turismo
  • Libra
  • Peso Arg.
  • Bitcoin

Denuncie pelo WhatsApp