Polícia Ambiental apreende 11 aves silvestres no agreste paraibano

Agricultor estava com a gaiola coberta com um pano, às margens da BR-104, no distrito de São Miguel, município de Esperança (Foto: Polícia Ambiental/Divulgação)

A Polícia Ambiental apreendeu 11 aves silvestres no distrito de São Miguel, município de Esperança, no Agreste da Paraíba, na tarde deste último sábado (28). Segundo a Polícia Ambiental, as aves estavam com um agricultor de 44 anos, que foi levado para delegacia.

Ainda de acordo com a Polícia Ambiental, era por volta das 16h quando os policiais estavam passando em um trecho da BR-104 e viram o homem com a gaiola coberta com um pano, às margens da rodovia. Ao fazer a abordagem, a polícia viu que na gaiola estavam as 11 aves silvestres nativas, conhecidas como gangarras ou periquitos-da-caatinga.

O agricultor, que estava com a gaiola, não possuía autorização do órgão ambiental competente para manter em cativeiro ou transportar as aves. Ele foi conduzido até a Delegacia de Polícia Civil de Esperança, onde foram realizados o Termo Circunstanciado de Ocorrência e o Auto de Infração no valor de R$ 5,5 mil.

As aves apreendidas serão encaminhadas para o Centro de Triagem de Animais Silvestres (CETAS), em João Pessoa.

Da Redação Paraíba Debate com G1

Compartilhar

Enquete

Você concorda com a volta às aulas presenciais este ano?

Cotações

  • Dólar Turismo
  • Libra
  • Peso Arg.
  • Bitcoin

Denuncie pelo WhatsApp