Polícia Civil pode pedir novamente prisão do suspeito de matar agente

O superintendente da Polícia Civil da Paraíba, delegado Marcos Paulo, afirmou na manhã desta segunda-feira (23), em entrevista, que está no aguardo do depoimento do motorista Rodolpho Gonçalves Carlos da Silva, que tem um prazo de até 72 horas, contadas desde a madrugada do último domingo (22), para se apresentar.

O delegado disse que está na expectativa da conclusão do inquérito e não descartou um novo pedido de prisão ao jovem.

“Nós vamos concluir o inquérito, que já está em andamento. Se houver um fato novo e couber prisão, nós vamos pedir. Todas as oitivas foram realizadas, as perícias já foram requisitadas, agora vamos caminhar”, finalizou.

De acordo com o superintendente o Passaporte e a Carteira Nacional de Habilitação de Rodolpho já foram recolhidos.

Compartilhar

Enquete

Você concorda com a volta às aulas presenciais este ano?

Cotações

  • Dólar Turismo
  • Libra
  • Peso Arg.
  • Bitcoin

Denuncie pelo WhatsApp