Polícia identifica mais um suspeito na morte de empresária em CG

Um jovem de 25 anos foi identificado pela Polícia Civil como sendo um novo suspeito de ter participado do assalto que resultou na morte da empresária Célia Cirne, de 69 anos, no dia 24 de dezembro de 2016, no centro de Campina Grande. De acordo com a PC, suspeito já teve a prisão preventiva decretada.

Conforme as informações repassadas pelo delegado titular da Delegacia de Roubos e Furtos, Cristiano Santana, o homem foi identificado como Cícero Elisson Batista Silva, conhecido como ‘Ciço Oião’. O delegado não adiantou mais informações sobre a participação dele no crime e todas as denúncias sobre Cícero devem ser repassadas através do 197.

Esse é o terceiro suspeito identificado pela polícia.

O primeiro foi Bruno Franklyn Sousa Santos, de 24 anos, que foi preso no dia 28 de dezembro, no centro da cidade. Ele foi liberado no dia 9 de janeiro deste ano, depois de uma decisão judicial.

O homem que teria conduzido a moto usada no latrocínio, identificado como Tiago Henriques de Lima, de 26 anos, confessou participação no crime e deu detalhes de como teria praticado a ação.

Redação com JP Online

Compartilhar

Enquete

Você concorda com a volta às aulas presenciais este ano?

Cotações

  • Dólar Turismo
  • Libra
  • Peso Arg.
  • Bitcoin

Denuncie pelo WhatsApp