Policiais militares realizam protesto 24 horas nesta quarta-feira (9)

Os policiais civis da Paraíba paralisaram suas atividades nesta quarta-feira (9), em protesto a PLP 257/16, que prevê dentre outras medidas, o congelamento de salários dos servidores públicos. A decisão foi tomada em assembleia da categoria, que durante todo o dia trabalharão com efetivo reduzido para 30%, atendendo apenas os casos de flagrantes e procedimentos de emergência. A Aspol representa os agentes, escrivães e motoristas policiais.

De acordo com o vice-presidente da Associação dos Policiais Civis de Carreira da Paraíba (Aspol), Valdeci Feliciano, a policia civil tem defasagem salarial acumulada ao longo de três anos. “A aprovação da PLP 257 retira vários direitos do servidor e reduz ainda mais o salário com a majoração da contribuição previdenciária , afetando drasticamente os policiais civis que exercem atividade de elevado risco e complexidade e precisam de aposentadoria diferenciada. Para completar, temos a aprovação da PEC 241 como uma ameaça já que afetará a correção de um salário que na ranking nacional é o pior do país”, disse.

Os policiais estão realizando uma campanha de arrecadação de doações para casas de acolhimento à pessoas idosas. Os interessados em contribuir poderão entregar as doações em qualquer unidade da Polícia Civil ou nas centrais de polícia de João Pessoa, Campina Grande e Patos. Entre os itens preferenciais estão alimentos não perecíveis, itens de limpeza e produtos específicos para idosos.

Compartilhar

Enquete

Você concorda com a volta às aulas presenciais este ano?

Cotações

  • Dólar Turismo
  • Libra
  • Peso Arg.
  • Bitcoin

Denuncie pelo WhatsApp