Possibilidade zero, diz deputado sobre votar em João Azevedo com Efraim vice

Deputado estadual Anísio Maia, do PT (Foto: Ascom)

A discussão para a participação do PT na chapa majoritária encabeçada pelo pré-candidato do PSB, João Azevedo, parece não ter fim. O imbróglio se dá porque o Partido dos Trabalhadores não aceita estar em uma chapa que tenha candidatos que foram favoráveis ao impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff.

Ontem, terça-feira (22), o deputado estadual Anísio Maia (PT) foi categórico e disse que a possibilidade de eventualmente votar em Efraim Morais (DEM), por exemplo, é zero. O PT anunciou que a decisão sobre o apoio eleitoral que estava programada para o próximo sábado (26) fica agora para o dia 27 de julho.

“Nós estamos com Ricardo Coutinho e queremos que ele faça uma chapa que represente a mesma luta que nós temos. A mesma que nós estivemos juntos. A possibilidade de eu votar em Efraim Morais como vice de João Azevedo é zero, porque eu disse que não voto em golpista. Eu tenho palavra e coerência, e meu partido também”, disse.

Veja também:

Compartilhar

Enquete

Você concorda com a volta às aulas presenciais este ano?

Cotações

  • Dólar Turismo
  • Libra
  • Peso Arg.
  • Bitcoin

Denuncie pelo WhatsApp