Prazo dos médicos cubanos é encerrado e Ministério da Saúde não providencia substitutos

Imagem do portal WSCOM

Quarenta e quatro médicos Cubanos, selecionados pelo Programa “Mais Médicos” do Governo Federal deixaram a Paraíba nesta segunda-feira, a partir das 11 horas, após concluírem o prazo de três anos envolvidos com a assistência médica em municípios Paraibanos que nunca tiveram a presença de profissionais da Medicina.

Até a presente data, o Ministério da Saúde não confirmou a substituição dos referidos profissionais.

A presença dos médicos cubanos em algumas cidades do Estado transformaram a relação de setores mais pobres com a realidade de assistencial medica reduzindo os índices de problemas de saúde. “Estamos diante de uma realidade preocupante porque os efeitos positivos da ação dos médicos reconhecidos não estão tendo a confirmação pelo Ministério da Saúde de que haverá a substituição para manutenção do programa Mais Médicos na Paraíba”, afirmou a dirigente da Associação José Marti, Paula Frassinete.

Ela confirmou que voluntários de causas sociais e a entidade prestarem homenagem nesta segunda-feira aos médicos cubanos no Aeroporto Castro Pinto.

Fonte: Wscom

Compartilhar

Enquete

Você concorda com a volta às aulas presenciais este ano?

Cotações

  • Dólar Turismo
  • Libra
  • Peso Arg.
  • Bitcoin

Denuncie pelo WhatsApp