Prefeito da Paraíba proíbe servidores de usar smartphones para acessar redes sociais

Imagem: ilustrativa/reprodução internet

Os servidores do município de São Bento, no Sertão da Paraíba, estão proibidos de usar tablet, smartphones e outros aparelhos tecnológicos para acessar as redes sociais e sites de relacionamento. O prefeito da cidade Jarques Lúcio (DEM) emitiu um decreto na terça-feira (17) proibindo a prática. Conforme documento, o servidor que desobedecer ao decreto estará sujeito às sanções administrativas e legais.

Segundo texto do decreto, o prefeito considera que a internet tornou-se indispensável à vida das pessoas, transformando-se em ferramenta sólida para as atividades diárias. Porém, “se por um lado o uso dessa ferramenta facilita e auxilia o serviço público, por outro lado, atrasa e dispersa a atenção, prejudicando muitas vezes o desempenho no trabalho”.

Durante o horário de expediente e serviço dos servidores nas repartições públicas municipais, fica proibido o uso de aparelhos celular, tablet, smartphones e congêneres para acessar redes sociais e sites de relacionamento.

Configuram-se exceções a essa regra os telefones celulares institucionais e aqueles com autorização da chefia imediata para fins exclusivos de serviço.

Compartilhar

Enquete

Você concorda com a volta às aulas presenciais este ano?

Cotações

  • Dólar Turismo
  • Libra
  • Peso Arg.
  • Bitcoin

Denuncie pelo WhatsApp