Prefeito de JP reduz festejos de fim de ano

Foto: Ascom

O prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo (PSDB) anunciou nesta segunda-feira (07) cortes nos gastos com festejos de final de ano na Capital do Estado, que começaram com a redução com a decoração natalina.

O réveillon vai ser bem modesto e os shows que marcam o início do verão, a exemplo do “Extremo Cultural”, foram cortados. Conforme o prefeito, a prioridade agora é garantir o pagamento da folha, do décimo terceiros dos servidores e a conclusão de algumas obras.

“A nossa meta é concluir as obras que estamos entregando na cidade e serão até este final de ano, setenta obras, e em 2016, vamos continuar com esse ritmo de entrega de benfeitorias, como também, pagando o salário dos servidores em dia. Esse é o nosso objetivo”, destacou.

Cartaxo avisou que no próximo dia 18 estará pagando a segunda parcela do décimo terceiro dos servidores. Portanto, estas são as prioridades do governo nesse momento de crise financeira.

“Vamos realizar o reveillon dentro do padrão e da realidade que a prefeitura pode fazer e iniciar ainda a programação do Folia de Rua do Carnaval de João Pessoa. No que se refere à programação do Extremo Cultural, infelizmente, em função dessa crise toda nós não vamos poder realizar“, informou.

O prefeito destacou que o cinto ficará mais apertado ainda para conseguir cumprir as metas estabelecidas na sua gestão administrativa. Segundo ele, todas as medidas que foram tomadas no início deste ano quando baixou um decreto priorizando diversas ações foi o que garantiu chegar com o pagamento em dia da folha e o término de algumas obras na Capital.

Para o governante, a regra será a mesma para o ano de 2016, uma vez que, não há nenhuma previsão de que o cenário econômico será melhor que o de 2015. Se não há garantias, a Prefeitura de João Pessoa vai continuar com o seu planejamento para que seja mantida a capacidade de investimentos, a estabilidade econômica do município e os compromissos de gestão.

O balanço sobre a economia gerada para o próximo ano será feito no próximo dia 18 quando o prefeito estará se reunindo com toda a equipe do setor financeiro do governo.

“Nós já temos alguns dados, mas vamos fazer um balanço após o fechamento da folha para iniciar um planejamento do que conseguimos com a redução de custos”, avaliou.

FONTE: Da Redação de João Pessoa (Hacéldama Borba)

Compartilhar

Enquete

Você concorda com a volta às aulas presenciais este ano?

Cotações

  • Dólar Turismo
  • Libra
  • Peso Arg.
  • Bitcoin

Denuncie pelo WhatsApp