Prefeito de Lagoa Seca corta o próprio salário e de secretários, após diminuição nas receitas

Foto: Paraíba Online

Durante entrevista á Rádio Correio FM, nesta quinta-feira(28), o prefeito de Lagoa Seca anunciou medidas de contenção de gastos na máquina administrativa do município. Entre as medidas , Fábio Ramalho uma redução em seu próprio salário e de todos os secretários, assim como em todo os cargos comissionados.

A crise econômica e a consequente redução dos recursos do FPM fez com que essas medidas fossem necessárias serem adotadas. Ramalho ainda salientou que diversas dívidas foram herdadas da antiga gestão municipal.

“Recebemos uma grande herança de dívidas da gestão anterior, além da crise econômica e a queda no FPM. Cortamos 20% do meu salário, 20% do vice-prefeito e 20% do secretariado. Na administração direta e indireta haverá uma redução de até 20%. A medida é para que possamos manter a folha de pagamento em dia, dentro do mês trabalhado, o pagamento dos fornecedores, além de manter as coisas funcionando dentro da cidade, garantindo a melhoria de vida dos habitantes, na Saúde, na Educação”, frisou.

Chefe do executivo diz que a prefeitura se planeja para garantir os recursos, para pagar o 13º de todos os servidores municipais.

Redação com PB Online

Compartilhar

Enquete

Você concorda com a volta às aulas presenciais este ano?

Cotações

  • Dólar Turismo
  • Libra
  • Peso Arg.
  • Bitcoin

Denuncie pelo WhatsApp