Prefeito de Pocinhos reduz 30% das gratificações dos servidores

Prefeito Cláudio Chaves não comentou sobre as denúncias.

Um decreto lançado na última quarta-feira (09), pelo prefeito de Pocinhos Cláudio Chaves Costa (PMN), gerou muita polêmica e desconforto aos servidores públicos da cidade.

O decreto visa a redução de gastos financeiros, a exemplo da redução de expedientes dos órgãos públicos municipais, a redução de gastos com água, luz e combustível, redução de distribuição de medicamentos e redução de 30% nas gratificações, salvo os profissionais da área de Educação, com respaldo no PCCR.

O prefeito justificou sua atitude pelo agravamento da crise econômica nacional. “Considerei o agravamento da crise e as constantes quedas nos repasses do FPM e do ICMS”, relatou.

No entanto, Cláudio Chaves não reduziu o seu salário e nem menos dos secretários.

Da redação.

Compartilhar

Enquete

Você concorda com a volta às aulas presenciais este ano?

Cotações

  • Dólar Turismo
  • Libra
  • Peso Arg.
  • Bitcoin

Denuncie pelo WhatsApp