Prefeito não paga a conta e abastecimento de combustível é suspenso em prefeitura paraibana

A prefeitura de Pocinhos, no Curimataú do estado, amanheceu nesta quarta-feira (20), véspera de feriado, com o abastecimento de combustíveis suspenso, por falta de pagamento.

O fornecedor garantiu que o abastecimento será regularizado após o pagamento de débitos anteriores e afirmou que essa seria uma prática comum da atual administração de Pocinhos.

A comprovação surgiu a partir de depoimentos de pais de alunos, que denunciaram o descaso nas redes sociais. De acordo com Thiago Monteiro, o filho não pode se deslocar para a escola pois o ônibus estava sem combustível.

“Meu filho não foi estudar hoje, sabem por qual motivo? O ônibus que leva os estudantes não foi para Campina Grande por falta de combustível, pois a prefeitura de Pocinhos não pagou ao fornecedor”, relatou.

Em nota, a prefeitura informou que a situação será resolvida até a próxima quinta-feira, 21 de abril.

Redação.

Compartilhar

Enquete

Você concorda com a volta às aulas presenciais este ano?

Cotações

  • Dólar Turismo
  • Libra
  • Peso Arg.
  • Bitcoin

Denuncie pelo WhatsApp