Prefeito paraibano é vaiado em festa junina; evento foi considerado o pior dos últimos anos

Depois do senador Cássio Cunha Lima (PSDB) ser vaiado no maior São João do Mundo, em Campina Grande, chegou a vez de mais um político paraibano receber vaias como protesto. O episódio aconteceu com o prefeito de Pocinhos, Cláudio Chaves Costa (PTB), na madrugada desde domingo (26).

O público se mostrou bastante inconformado com a desorganização do “Arraiá do Cariri”, promovido pela Prefeitura de Pocinhos, e retribuiu com gritos, vaias e palavras de reivindicação, entre elas, segurança.

O evento, que ocorre durante quatro dias (23, 24, 25 e 26 de junho), foi marcado por muita insegurança e desorganização, apontou o público.

As principais críticas se desdobraram com relação à segurança. Já no primeiro dia do evento (23), foram registradas confusões seguidas de lesões corporais.

A Policia Militar informou que não recebeu oficio de forma antecipada, por parte da prefeitura de Pocinhos ou secretaria de cultura, dificultando selecionar o efetivo de homens, já que nessa época de festejos as atenções são redobradas em várias cidades do estado.

As atrações musicais também foram consideradas modestas pelo público, isto é, enquanto as cidades circunvizinhas, mesmo com a crise econômica que assola o país, conseguem fazer um evento com atrações de renome nacional, Pocinhos entra para a história com a maior vaia e a pior festa de São João dos últimos anos.

Redação

Compartilhar

Enquete

Você concorda com a volta às aulas presenciais este ano?

Cotações

  • Dólar Turismo
  • Libra
  • Peso Arg.
  • Bitcoin

Denuncie pelo WhatsApp