Prefeito paraibano se orgulha de rua pavimentada com poste no meio

Um vídeo gravado pelo prefeito de Cabaceiras, Tiago Castro (PSB), tem se espalhado pelas redes sociais não exatamente pela finalidade para a qual foi produzido. Nele, o gestor elogia uma obra “fantástica”, a rua Francisco Severino de Assis, no conjunto Santa Terezinha.

“Finalizamos o calçamento da rua, através de uma emenda do nosso deputado Aguinaldo Ribeiro. É uma obra fantástica, ficou muito bonita a rua, como vocês podem ver as calçadas padronizadas. É uma obra que a gente fica orgulhoso de poder fazer. Acredito que a população ficou extremamente feliz e agradecida por essa obra importante para nosso município”. Tiago acrescentou que a rua de aspecto peculiar vai contribuir para a “mobilidade urbana”.

O site ParlamentoPB entrou em contato com o prefeito de Cabaceiras, Tiago Castro, o qual informou que pediu à Energisa para mudar os quatro postes de lugar e não foi atendido a tempo. “A rua é larga, tem mais de 10 metros de largura. Eu pedi a Energisa para tirar [da rua] os postes. Como eles não tiraram [da rua] logo e o convênio estava para vencer, decidimos fazer do jeito que estava e entrar com um pedido de liminar na Justiça. Afinal, não queríamos perder a verba de R$ 70 mil, conseguida por Emenda parlamentar do deputado federal Aguinaldo Ribeiro (PP)”, disse ele.

O pedido, segundo o gestor, deve estar sendo julgado nesta semana. Ainda conforme o prefeito, os postes não atrapalham os veículos, por conta da largura da rua. “Há mais de um ano a gente vem pedindo, insistindo. A Energisa queria cobrar da prefeitura um valor de R$ 14 mil para fazer o serviço e eu não aceitei. É obrigação deles.”

A obra na rua que tem cerca de 20 casas foi entregue há 15 dias. Tiago Castro disse que há outros municípios com o mesmo problema e solicitando a alteração da posição dos postes. Ele revelou que ainda em Cabaceiras ele se deparou com outra rua, a José Osmário de Lima, com essa mesma questão e que teve que parar a obra nela e também entrar na Justiça para pedir o reposicionamento dos postes.

Fonte: Parlamento PB

Compartilhar

Enquete

Você concorda com a volta às aulas presenciais este ano?

Cotações

  • Dólar Turismo
  • Libra
  • Peso Arg.
  • Bitcoin

Denuncie pelo WhatsApp