Prefeito suspeito de estuprar menina é investigado mais casos

TV TEM / Reprodução

A Polícia Civil abriu dois inquéritos para investigar o envolvimento do prefeito interino de Bariri (SP), Paulo Henrique de Araújo, que está preso suspeito de estuprar uma menina de 8 anos em Bauru (SP), em outros dois casos de assédio contra crianças. Duas mães procuraram a polícia nesta terça-feira (24) para denunciar os casos.

Os crimes registrados como atos obscenos na presença de criança aconteceram na quarta-feira (18), em Bariri, e na sexta-feira (20), em Itapuí.

As vítimas são duas meninas, de 9 e 10 anos, que reconheceram o prefeito por meio de fotos apresentadas pela Polícia Civil.

Em Bariri, câmeras de segurança flagraram a movimentação de um carro pretoque, segundo uma mulher que não quer se identificar, era dirigido por um homem que abordou a filha dela, de 9 anos, no ponto de ônibus.

Já em Itapuí, dois dias depois, um homem em um carro com as mesmas características parou uma criança de 10 anos e pediu para que ela entrasse no veículo. Segundo o delegado seccional, essa criança relatou que o homem estava com o órgão genital exposto e praticando ato libidinoso.

“Pelas vítimas não se conhecerem, não se comunicarem, serem de cidades diferentes e os fatos terem ocorrido em dias diferentes, tudo nos leva a crer que o suspeito preso vinha desde quarta-feira praticando crimes sexuais contra menores”, afirmou Ricardo Martines, delegado seccional de Bauru.

Martines explica que as provas desses dois novos casos serão juntadas ao inquérito que apura o estupro da menina em Bauru para sustentar a tese de que o prefeito interino afastado vem cometendo crimes sexuais contra crianças e deve continuar preso.

A Polícia Civil tem dez dias pra concluir o inquérito. Já o laudo que vai comprovar se houve o estupro sai em até 30 dias. Na investigação, a polícia analisa ainda as imagens de circuito de segurança que mostram a abordagem à menina de 8 anos que teria sido estuprada em Bauru.

Fonte: G1

Compartilhar

Enquete

Você concorda com a volta às aulas presenciais este ano?

Cotações

  • Dólar Turismo
  • Libra
  • Peso Arg.
  • Bitcoin

Denuncie pelo WhatsApp