Prefeitura de Pocinhos gasta mais de R$ 6 milhões com aluguel de veículos

Cláudio é filiado ao PTB desde 2016

Com R$ 6 milhões quantos carros dariam para comprar? Aproximadamente 200 carros populares, ao valor de R$30 mil cada. Essa conta parece muito óbvia, entretanto a Prefeitura Municipal de Pocinhos resolveu fazer diferente quanto aos veículos alugados,e que estão á disposição das Secretárias e demais órgãos da administração do Prefeito Claúdio Chaves (PTB).

Isso porque um levantamento do Paraíba Debate ao Sagres mostra os valores gastos pela Prefeitura com locações de veículos, nos anos de 2013, 2014,2015 e 2016. O Valor exato é R$5.727.568,52, e boa parte do dinheiro do contribuinte do município de Pocinhos beneficiaram duas empresas de locação de veículos: Malta Locadora Eireli Me e Aluisio Pessoa dos Santos Me.

Essa semana foi apresentado um requerimento na Câmara Municipal pedindo que sejam divulgados os nomes dos motoristas e veículos responsáveis pelos transportes de pacientes do SUS da zona rural para Pocinhos e Campina Grande, e a situação também não é de transparência quando se procura no Sagres os modelos, ano e motorista de cada veículo alugado durante este período. Não se sabe a qual órgão ou secretária esses veículos estão prestando serviço, visto que não é passada essas informações no Sagres.

Vale destacar que os valores são relativos aos empenhos da Prefeitura Municipal de Pocinhos, sem contar com os valores repassados pelo Fundo Municipal de Saúde e chega a ultrapassar a casa dos R$ 6 milhões.

MALTA LOCADORA

A Malta Locadora, com sede na capital Pernambucana, foi denunciada pelo Ministério Público de Pernambuco por suspeitas de fraudes em contratos firmados com a Prefeitura de Santa Cruz do Capibaribe (PE) para locação de veículos, no valor de R$1,6 milhões. O fato ocorreu no ano de 2015 e o processo corre em julgamento no Tribunal de Justiça do Pernambuco, e a justiça obrigou a empresa e a Prefeitura de Santa Cruz a ressarcir os valores ao erário público. A justiça de Pernambuco denunciou o fato de que a empresa não tem endereço fixo, o que leva a crer que seja uma empresa fantasma.

No ano de 2014 a Controladoria Geral da União denunciou possíveis irregularidades envolvendo a Malta Locadora com aluguel de veículos à Prefeitura Municipal de Patos. O caso se deu em virtude da locação de dois veículos ao programa ProJovem Urbano,e foi informado no contrato que os veículos modelo Celta pertenciam a Malta e o ano de fabricação era 2011. O relatório da CGU informou que o modelo não tem ano de fabricação a partir de 2011 e um dos veículos pertencia a uma pessoa física residente do município de Patos e o outro a uma empresa de financiamento de veículos. O relatório da CGU foi enviado ao Tribunal de Contas do Estado e até hoje não foi julgado.

Paraíba Debate

Compartilhar

Enquete

Você concorda com a volta às aulas presenciais este ano?

Cotações

  • Dólar Turismo
  • Libra
  • Peso Arg.
  • Bitcoin

Denuncie pelo WhatsApp