Presidente da câmara de Pocinhos inspeciona obras na cidade e denuncia descaso

O presidente da câmara municipal de Pocinhos, Sóstenes Murilo (PSDB), esteve na tarde desta quarta-feira, 05, visitando algumas obras na cidade e constatou um retrato nada animador.

De acordo com o presidente, algumas construções executadas pela Prefeitura, mediante convênio com governo Federal, estão totalmente paralisadas, algumas há anos, como o Posto de Saúde da Família (PSF), que está sendo construído no antigo IPASE, centro.

O vereador aponta mau uso dos investimentos públicos e responsabiliza o prefeito, Cláudio Chaves Costa (PMN).11830111_1441710229492638_701343621_n

“Todas as obras municipais estão paralisadas e, principalmente, sem previsão de término. Esse é o espelho de um prefeito que não honra seus compromissos com a população pocinhense”, desabafa.

Uma das primeiras obras inspecionadas pelo vereador e seus assessores foi a construção de uma academia popular, no centro, investimento ultrapassa R$ 100 mil reais.

O parlamentar também denunciou o descaso na construção de duas quadras esportivas, localizadas em pontos estratégicos da cidade, ambas estão completamente abandonadas e com acúmulo de resíduos e plantas.

Outro fa11824231_1441710172825977_1041571266_ntor preocupante denunciado pelo parlamentar é o acúmulo de lixo em reservatórios de água na cidade, a exemplo do “tanque do padre”, visivelmente poluído.

Retomando a saúde, o vereador garantiu que o Posto de Saúde da Família (PSF), que está sendo construído no bairro do Mercado, encontra-se abandonado há mais de um ano.

As máquinas doadas através do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), são outra preocupação à parte, algumas estão completamente abandonadas e sucateadas, inclusive sem pneus.

Sóstenes garantiu ainda que todas as denúncias serão encaminhadas ao ministério público (MP), para possíveis averiguações e informou que abrirá uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI).

“Todas essas denúncias serão encaminhadas ao ministério público para apuração e, possivelmente, estarei apresentando aos demais vereadores uma Comissão Parlamentar de Inquérito, para que uma investigação seja conduzida pelo Poder Legislativo”, alertou.

Da redação.

Compartilhar

Enquete

Você concorda com a volta às aulas presenciais este ano?

Cotações

  • Dólar Turismo
  • Libra
  • Peso Arg.
  • Bitcoin

Denuncie pelo WhatsApp