Presidente do PSB deixa sigla à disposição de RC caso ele queira disputar a Presidência em 2018

Com a Paraíba figurando entre os estados que melhor consegue driblar a crise financeira que atingiu o país nos últimos anos, o governador Ricardo Coutinho (PSB) segue se credenciando para a disputa de 2018.

O cargo de senador da República é o mais cotado, no entanto, na cúpula socialista, o nome do chefe do executivo ganha força para alçar vôos maiores.

O presidente Nacional do PSB, Carlos Siqueira, por exemplo, em entrevista nesta segunda-feira (26), ressaltou sobre a possibilidade de Ricardo Coutinho (PSB) partir para uma disputa nacional.

Para o dirigente, o governador da Paraíba tem todas as credenciais para disputar qualquer cargo em 2018, principalmente pela honradez em práticas sociais.

“Eu diria que o governador Ricardo Coutinho está credenciado para disputar qualquer cargo. É um direito dele. Ele querendo, embora não tenha chegado isso à direção Nacional, ele desejando pode se apresentar para disputar qualquer cargo. Afinal, ele é um governador que tem honrado nas práticas e políticas públicas o PSB e tem todo o direito de pleitear qualquer função que ele achar necessário”, disse.

Resultado de imagem para Ricardo e Marina PSB
Sobre disputar o cargo de presidente da República, o presidente do PSB julgou precoce a discussão, mas manteve a porta aberta.

“Obviamente, esse tema presidencial nós estamos num momento de achar melhor avaliar essa questão do posicionamento do PSB em relação a 2018, um pouco mais à frente. Mas isso não significa dizer que ele fique impedido de tratar sobre o tema. Nós estamos abertos a ouvir todas as lideranças partidárias e ele faz parte. É uma das principais lideranças do partido e tem todas as credenciais para pleitear a disputa de qualquer função”, explicou Carlos Siqueira.

Em 2014 o PSB disputou a Presidência da República com Marina Silva, hoje na Rede Sustentabilidade, substituindo o ex-governador de Pernambuco Eduardo Campos, que faleceu em acidente de avião durante a campanha. Especula-se que o governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB), esteja deixando o ninho tucano rumo ao PSB para disputa de 2018.
Redação com PB Agora

Compartilhar

Enquete

Você concorda com a volta às aulas presenciais este ano?

Cotações

  • Dólar Turismo
  • Libra
  • Peso Arg.
  • Bitcoin

Denuncie pelo WhatsApp