Presos que fugiram do Hospital de Trauma em CG ainda não foram encontrados

3

A polícia segue a procura de dois detentos do presídio Raymundo Asfora (Serrotão), em Campina Grande, no Agreste paraibano, que fugiram do Hospital de Emergência e Trauma Dom Luiz Gonzaga Fernandes. Eles estavam na cela de custódia na enfermaria.

A fuga ocorreu por volta das 23h30 (horário local) da sexta-feira (13). Os dois presos conseguiram serrar duas barras de metal de uma janela e usaram pedaços de lençóis amarrados para sair do andar do prédio em uma altura de  aproximadamente 5 metros. Depois de descerem o prédio, eles pularam o muro e fugiram por um matagal.

A guarda deles estava sendo feita pela Polícia Militar. Os órgãos de segurança não sabem como eles conseguiram a serra.

Até o início da manhã deste domingo nenhum dos detentos havia sido localizado. Os agentes do sistema penitenciário segue em buscas dos suspeitos com a polícia.
Fonte: Portal Política mais cedo
Compartilhar

Enquete

Você é CONTRA ou A FAVOR de encerrar a quarentena do COVID-19?

Cotações

  • Dólar Turismo
  • Libra
  • Peso Arg.
  • Bitcoin

Denuncie pelo WhatsApp