Professor pede que Prefeitura de Campina Grande conceda auxílio a artistas locais: “A classe está abandonada”

41
Foto: Paraíba Online

O professor da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), ativista cultural e filiado ao Partido Socialismo e Liberdade (PSOL), Nelson Júnior demonstrou preocupação durante entrevista concedida a uma emissora de rádio campinense nesta sexta-feira (29) com a classe artística local por causa de dificuldades financeiras. Ele pede que a Prefeitura de Campina Grande conceda auxílio ao setor cultural.

“Estamos há mais de dois meses no processo de quarentena em todo o Brasil. A classe artística está abandonada e essas pessoas vivem de sua arte. Agora, no Congresso Nacional, votou um projeto onde destina R$ 3 bilhões e o projeto foi aprovado quase por unanimidade. Estamos propondo que o Governo Municipal de Campina Grande tome iniciativa para estabelecer um auxílio para as pessoas que vivem da cultura”, disse.

Junho, mês do Maior São João do Mundo, é um dos períodos de melhor retorno para a classe cultural da cidade devido ao elevado número de turistas, entretanto por causa da pandemia a festa foi adiada para outubro, outro elemento que confirma as dificuldades que os artistas estão enfrentando.

ACESSE TAMBÉM:

Véspera de ‘mini lockdown’ com aglomerações em ruas, mercados e bancos de Campina Grande

Compartilhar

Enquete

Você é CONTRA ou A FAVOR de encerrar a quarentena do COVID-19?

Cotações

  • Dólar Turismo
  • Libra
  • Peso Arg.
  • Bitcoin

Denuncie pelo WhatsApp