Projeto irá reforçar a segurança energética a Alpargatas na Paraíba

38

A CPFL Eficiência, empresa do Grupo CPFL Energia na área de eficiência energética, concluiu um projeto de autoprodução para a fabricante de calçados e artigos esportivos Alpargatas. As usinas irão reforçar a segurança energética de três unidades industriais da empresa na Paraíba, além de reduzir a compra de energia da rede de distribuição durante o horário de ponta.

O projeto de autoprodução para Alpargatas é composto por nove geradores a diesel, somando 18 MW de capacidade. As máquinas foram instaladas nas plantas de Campina Grande e Santa Rita e estão ligadas diretamente às linhas de produção das fábricas, garantindo, assim, a continuidade nas operações da Alpargatas. As unidades geradoras têm autonomia de 10 horas (consumo de 650 litros de combustível por hora).

“Esse é o primeiro contrato completo de autoprodução firmado pela CPFL Eficiência, desde a concepção global do projeto, passando pela implantação dos geradores e até a operação e manutenção das usinas”, diz o diretor da CPFL Eficiência, Luciano Goulart. A empresa incorporou o negócio de autoprodução da CPFL Serviços e tem o histórico de 97 MW de projetos construídos em 75 geradores em sete estados.

As discussões entre as empresas para o desenvolvimento do projeto tiveram início no começo de 2015, quando o País vivia a ameaça de racionamento de energia em razão da crise hídrica. O acordo entre as partes foi firmado em maio, sendo que as obras começaram em outubro e foram concluídas em janeiro de 2016.

O projeto traz mais confiabilidade no suprimento de energia para as fábricas da Alpargatas, diminuindo a dependência da distribuidora local. Além disso, também reduz os custos com a compra de energia, uma vez que os geradores irão operar no horário de ponta, quando as tarifas industriais são mais caras.

Sobre a CPFL Energia 

A CPFL Energia, há 103 anos no setor elétrico, atua nos segmentos de distribuição, geração, comercialização, serviços e telecomunicações. É líder no mercado de distribuição, com 13% de participação, totalizando mais de 7,5 milhões de clientes nos Estados de São Paulo, Rio Grande do Sul, Minas Gerais e Paraná.

Na comercialização, é um dos líderes no mercado livre, com uma participação de mercado de 14% na venda para consumidores finais entre as comercializadoras. É líder na comercialização de energia incentivada para clientes livres.

Compartilhar

Enquete

Você concorda com a volta às aulas presenciais este ano?

Cotações

  • Dólar Turismo
  • Libra
  • Peso Arg.
  • Bitcoin

Denuncie pelo WhatsApp