Projeto voluntário beneficia alunos da rede estadual de Pocinhos

Projeto “Amigos da Escola”.

Os alunos da Escola Estadual Antônio Galdino Filho, recém-inaugurada, em Pocinhos, Cariri do estado, estão sendo beneficiados com o projeto “Amigos da Escola”. Nessa primeira etapa, o projeto conta com a ajuda de diversos profissionais voluntários que estão proferindo palestras e auxiliando os pré-vestibulandos a decidir qual curso superior ou técnico escolher, através do conhecimento acadêmico e vivência profissional de cada profissional.

O projeto conta com a ajuda de profissionais de diversas áreas e especialidades.
O projeto conta com a ajuda de voluntários de diversas áreas e especialidades.

O projeto conta com a parceria da Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB), representada pelo presidente e filho de Pocinhos, deputado Adriano Galdino (PSB), e também com o auxílio da Presidente da Associação Promocional do Poder Legislativo (APPL), Eliane Moura Galdino.

Um dos idealizadores, Sérgio Ricardo, falou sobre as primeiras ações do projeto. “Nossa primeira iniciativa será a escola de profissões, no qual conta com a ajuda de diversos profissionais voluntários que irão proferir palestras exibindo o dia a dia das profissões que os alunos escolherem seguir. Outras ações também acontecerão, a exemplo de um minicurso de matemática geométrica e apresentações culturais”, afirmou.

A médica Robertta Viera, que participou do projeto, falou da importância das parcerias e da sua contribuição. “Estou imensamente feliz com a minha participação no projeto “amigos da escola”, em parceria com o deputado Adriano Galdino e Eliane Galdino. Dei a minha contribuição como médica para esses jovens que estão nesse momento de escolha. Tenho certeza que deixei a semente plantada e os frutos serão colhidos”, destacou.

O advogado, especialista em Direito Trabalhista e em Direito Previdenciário, Felipe Carvalho Viera, falou sobre sua participação. “Foi possível trocar experiências com os futuros profissionais e orientá-los sobre a prática do direito”, informou.

Para a diretora da Escola, Norma Cavalganti Leal, todos os alunos devem participar. “Contamos com a participação de todos os estudantes, afinal, estamos todos pela educação”, disse.

11950880_1018324504855070_1349761129_n

O aluno Pablo Gonçalves (Foto), de 17 anos, pensa em fazer medicina. “Hoje foi possível uma troca de conhecimento e, obviamente, nos informar sobre os caminhos da nossa profissão, isto é, qual a área de atuação e mercado. Um elo entre a escola e a universidade e suas respectivas diferenças”, confidenciou.

A escola atende mais de 600 alunos nos três turnos do ensino médio e conta com 30 professores. A escola tem sete salas de aula, biblioteca, refeitório e sala de professores e se situa na rua José Joaquim do Nascimento, s/n no bairro Compel.

Da redação.

Compartilhar

Enquete

Você concorda com a volta às aulas presenciais este ano?

Cotações

  • Dólar Turismo
  • Libra
  • Peso Arg.
  • Bitcoin

Denuncie pelo WhatsApp