“Quem vem fazendo o descaso aí em Pocinhos é o prefeito, e não a imprensa”, diz radialista sobre nota de vereador

Durante o programa Jornal Imparcial, da Rádio Cidade AM, os apresentadores Heleno Lima e Ailton Araújo corrigiram algumas informações enviadas e também questionaram alguns pontos da nota enviada pelo vereador de Pocinhos Memel Chaves(PTB), no tocante a polêmica do banho de champagne. Os apresentadores leram a matéria do portal Paraíba Debate e teceram comentários sobre o fato.

O vereador disse na nota que a bebida que foi jogada na aniversariante se refere a Sidra, entretanto Heleno Lima esclareceu que esse é o verdadeiro nome da bebida, já que o nome champagne é uma marca de sidras, que acabou deixando a bebida mundialmente conhecida. Os apresentadores questionaram as contradições nas declarações do parlamentar, em que ele afirma que os blogs e portais de notícias que divulgaram o fato são “perseguidores”, mas que ele foi condenado judicialmente por fazer ameaças com objeto semelhante a arma de fogo, no ano de 2014. “Quem é o perseguidor nesse caso?”, questionou Heleno Lima.

Os comunicadores ainda questionaram a cerca da crise econômica, segundo justificativa do vereador para o atraso de salário em Pocinhos, atinge somente Pocinhos, entretanto os municípios da região, a exemplo de Areial, Lagoa Seca, Montadas, Esperança e Puxinanã e entre outros não tem passado por esses atrasos salariais. “Que perseguição rapaz, quem vem fazendo o descaso aí em Pocinhos é o senhor prefeito. A imprensa seria responsável se não divulgasse o que vem acontece na cidade de Pocinhos”, completou.

“Independente se é sidra ou qualquer outro espumoso, quer dizer que ele não pode ser criticado?”, questionou Ailton Araújo. “E ele é intocável é?”, completou o comunicador, que elogiou o vereador mas ainda fez um pergunta: “Quer dizer que o senhor pode fazer o que quiser e a imprensa vai ter que calar?”.

Confira um trecho de áudio do programa, exibido nesta quinta-feira(18):

Redação

 

VEJA TAMBÉM

Compartilhar