RC diz respeitar divergência de aliados e garante que PSB está pronto para disputa

Imagem: divulgação

O governador Ricardo Coutinho (PSB) afirmou nesta quinta-feira (11) que irá respeitar e partir para a disputa contra os partidos que, apesar de fazerem parte de sua base aliada, decidiram lançar candidaturas próprias nas eleições municipais deste ano.

A declaração do socialista foi uma resposta ao senador José Maranhão, presidente estadual do PMDB, que assegurou que sua legenda terá candidato a prefeito em João Pessoa, contrariando a direção estadual do PSB que cobrou reciprocidade nas alianças.

“Quem fala pelo PSB é Edvaldo Rosas, o presidente estadual. Respeito o senador José Maranhão e acho que cada partido sabe seu caminho. Da mesma forma que alguns querem um outro caminho, o PSB quer o seu, na vida é tudo uma mão dupla, tem suas nuances. O PSB sabe o que quer, é majoritário, avança nos investimentos públicos e achamos que seríamos bom contar com o parceiro, mas quando o parceiro não quer, a gente respeita e vai para a disputa. O PSB está preparado para as disputas mais importantes e necessárias para a população”, disse.

O chefe do executivo estadual também aproveitou a oportunidade para alfinetar o prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo (PSD), ao afirmar que não é gestor de inaugurar ar-condicionado.

“Desde sempre, tenho cuidado com as coisas. Tem governante por aí inaugurando ar-condicionado, eu inauguro escola de R$ 5 milhões”, afirmou.

Ele ainda reafirmou a impossibilidade de conceder reajuste salarial aos servidores públicos ao comentar a possibilidade de algumas categorias paralisarem os trabalhos por conta da suspensão da data-base.

“É legítimo reclamar. Gostaria de conceder um aumento de 25% ou 30%, ma nós estamos com pé no chão, me mostrem uma única categoria dando reajuste. A gente vê a prefeitura gastando 60% com folha de pessoal e ninguém fala nada, o estado atinge 51% e todo mundo fala. O meu papel é garantir a normalidade dos serviços, não posso governar na lógica de uma ou outra categoria”, explicou.

Compartilhar

Enquete

Você concorda com a volta às aulas presenciais este ano?

Cotações

  • Dólar Turismo
  • Libra
  • Peso Arg.
  • Bitcoin

Denuncie pelo WhatsApp