RECADO: senador José Maranhão garante que quem aprova as contas do Executivo é o Congresso Nacional

Em entrevista a imprensa paraibana, o senador  José Maranhão (PMDB) evitou polemizar com os ministros do Tribunal de Contas da União (TCU), que rejeitaram  as contas da presidente Dilma Rousseff. No entanto, o senador que preside a Comissão de Constituição Justiça e Cidadania (CCJ), deixou claro que o destino da presidente Dilma Rousseff (PT), ainda não foi decidido.

Para ele, a palavra final sobre esse assunto será dada pelo Congresso Nacional.

– O TCU é um órgão técnico que examina em profundidade as contas, apresenta um parecer, que poderá ser catado ou não pelo Congresso nacional – disse Maranhão.

TCU – Esta semana, numa decisão inédita na história brasileira, os ministros do Tribunal de Contas da União (TCU) rejeitaram por unanimidade as contas do ano passado da gestão da presidente Dilma Rousseff (PT). O parecer aprovado na última quarta-feira (7/7), que atesta que o governo federal emitiu créditos suplementares sem aprovação do Legislativo e utilizou R$ 40 bilhões para maquiar o balanço contábil por meio das chamadas pedaladas fiscais, já deve seguir amanhã para o Congresso Nacional.

PBAgora

Compartilhar

Enquete

Você concorda com a volta às aulas presenciais este ano?

Cotações

  • Dólar Turismo
  • Libra
  • Peso Arg.
  • Bitcoin

Denuncie pelo WhatsApp