Ricardo Barbosa diz que fica na base do governo

Não houve rompimento entre o deputado Ricardo Barbosa e o governo estadual. Ele vai permanecer na base de sustentação do governo, segundo o parlamentar  informou hoje (terça-feira, 29) aos jornalistas que cobrem a Assembleia Legislativa do Estado. “As agonias daqueles dias (após o discurso em que entregou a liderança do blocão) ficaram para trás”, disse, da tribuna da AL. E, parodiando o jornalista Chico Pinheiro, da Rede Globo, arrematou: “É vida que segue”.

Em seguida, em conversa com os jornalistas, enfatizou que, mesmo durante o episódio da entrega da liderança, não planejou qualquer mudança de posição política. “Eu me ative a alguns questionamentos que me pareceram oportunos naquele momento, como sempre faço ao assumir, com coragem e altivez, as posições que defendo. Não cogitei naquela fala, nem antes ou depois, em deixar a base do governo. Vou cumprir o papel que os 33 mil eleitores paraibanos me confiaram, ou seja, cumprir um bom mandato, ser efetivo nas ações parlamentares e políticas”.

Barbosa informou ainda que vai dividir seu tempo entre as atividades parlamentares e políticas. “Temos um ano eleitoral e vou começar a visitar as bases com muita frequência, levando a experiência que acumulei ao longo do tempo par as campanhas dos companheiros que me confiaram seus apoios na eleição passada e que agora precisam de nossa solidariedade, mas sem perder de vista a ação legislativa”.

Dentro dessa ação legislativa, o deputado, que também é presidente da comissão de saúde da Casa,  destacou alguns projetos, entre eles a programação de audiências públicas sobre o zika vírus e a falta de medicamentos para a sífilis. “Temos hoje um número absolutamente alarmante de mulheres com sífilis e crianças que nascem com a doença em decorrência da falta de medicamentos há quase um ano. São dezenas de milhares de mulheres e crianças doentes. Isso é quase uma epidemia no país.  E nós vamos fazer esse debate”, anunciou.

Compartilhar

Enquete

Você concorda com a volta às aulas presenciais este ano?

Cotações

  • Dólar Turismo
  • Libra
  • Peso Arg.
  • Bitcoin

Denuncie pelo WhatsApp