Ricardo Coutinho minimiza inelegibilidade e indica que será candidato a senador apoiado por Lula em 2022

Ricardo Coutinho durante entrevista na campanha de 2020 (Foto: Ascom)

O ex-governador Ricardo Coutinho (PSB) declarou durante entrevista à imprensa do Sertão paraibano que será candidato a senador em 2022. Ele minimizou a inelegibilidade imposta a ele pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE), por abuso de poder em 2014 e todas as implicações da Operação Calvário e citou que está incluído no projeto do ex-presidente Lula nas eleições do próximo ano.

“Eu sou candidato. Estou dentro de um projeto que a América Latina toda está mudando, o povo se organizando e espero que o Brasil passe por isso também. Serei candidato a não ser que dentro desse olhar que o presidente Lula traz, enfim, vou conversar com ele e com outros companheiros”, disse.

Apesar de lançar o nome para o Senado Federal, Ricardo disse ainda que gostaria de concorrer ao Governo do Estado para poder travar um embate com o ex-aliado e atual governador, João Azevêdo (Cidadania). “Eu teria um prazer muito grande de enfrentar esse João Azevêdo num debate”, declarou.

Veja também:

Compartilhar

Enquete

Você concorda com a volta às aulas presenciais este ano?

Cotações

  • Dólar Turismo
  • Libra
  • Peso Arg.
  • Bitcoin

Denuncie pelo WhatsApp