Ricardo poderá ser o primeiro governador a exercer o segundo mandato por completo, se não renunciar

Foto: Reprodução

Pelo que tem dito e sustentado, o governador Ricardo Coutinho está disposto a concluir a gestão estadual.

O governador Ricardo Coutinho voltou a afirmar que não tem pretensões de disputar um mandato nas eleições do próximo ano. Na terça-feira, durante a solenidade de entrega do projeto de lei que reduz os impostos das pequenas empresas, Ricardo revelou o desejo de continuar a frente do Executivo Estadual até dezembro de 2018, pois caso queira ser candidato a um cargo, terá que pedir afastamento do Governo do Estado já no mês de abril.

O governador tem sido constantemente questionado sobre seu posicionamento em relação ao pleito. Recentemente, até o presidente do PSB nacional, Carlos Siqueira, pediu ao governador disponibilidade para que ele seja pretenso candidato. Porém, o gestor permanecer afirmando a falta de pretensão dele em participar da disputa.

“Eu quero, se Deus permitir, ficar ate 31 de dezembro de 2018 participando de inaugurações de obras como governador. A gente fez uma opção, que não pode funcionar em função de uma eleição, mas sim de respeitar o Estado investindo cada vez mais e gastar menos com o que pode ser reduzido. A luz do fim do túnel está distante e cabe a mim para que o Estado ultrapasse esse momento difícil e fique melhor”, afirmou o governador.

Compartilhar

Enquete

Você concorda com a volta às aulas presenciais este ano?

Cotações

  • Dólar Turismo
  • Libra
  • Peso Arg.
  • Bitcoin

Denuncie pelo WhatsApp