“Romero cobra segurança e o assessor dele assaltando”, diz Hervázio Bezerra

Foto: Reprodução

Em entrevista a imprensa, nesta quarta-feira(07), o deputado estadual e líder do governo na Assembleia Legislativa da Paraíba, Hervázio Bezerra(PSB), resolveu fazer um questionamento sobre o assessor da Prefeitura de Campina Grande, que foi preso por suspeita de participação em explosão a agência bancária de um shopping.

Segundo o líder governista, se tornou uma contradição o fato do prefeito de Campina Grande, Romero Rodrigues(PSDB), cobrar uma ação mais emergencial no tocante a segurança pública ao governador Ricardo Coutinho(PSDB), em entrevista que repercutiu no portal Paraíba Já.

“Romero Rodrigues foi extremamente infeliz quando se posicionava na postura de cobrador. Sempre criticando o Governo do Estado, principalmente quando se tratava de assaltantes de banco. Caso em que ele acolhia em seu gabinete, há muitos anos, um assessor que nas horas vagas era assaltante de banco? Pelo que eu vejo, a profissão de assessor ficava em segundo plano. Porque para planejar um assalto desse precisa de tempo”, cutucou o socialista.

Hervázio foi mais longe nas suas colocações, e afirmou que Romero não teve humildade para reconhecer que estava acolhendo um bandido na sua equipe de governo.“O prefeito precisa entender que todos nós temos que ter responsabilidade com nossa equipe. Será que não dá pra conhecer com quem a gente trabalha? Garanto que se o prefeito Romero Rodrigues prestasse mais atenção a isso, os índices de assaltos a banco iriam diminuir muito, principalmente com a prisão de seu próprio assessor”,completou Hervázio Bezerra.

VEJA TAMBÉM

Compartilhar

Enquete

Você concorda com a volta às aulas presenciais este ano?

Cotações

  • Dólar Turismo
  • Libra
  • Peso Arg.
  • Bitcoin

Denuncie pelo WhatsApp