Romero desabafa: “Nunca agi dando seta para esquerda e segui para direita.”

Imagem: divulgação

“O prefeito de Campina Grande, Romero Rodrigues (PSDB), em entrevista à Campina FM na segunda-feira (19), disse ver com tranquilidade a mudança de partido do prefeito da cidade de João Pessoa, Luciano Cartaxo. O mesmo saiu do PSD para comandar o PV no estado da Paraíba. “Estou tranquilo, até porque ele não é do meu partido. Eu não posso responder pelos meus neurônios, imagina pelos deles”, desabafou Romero.

“Conversei com Cartaxo em Brasília após a assinatura do Internet para Todos, nessa conversa falamos sobre o que está sendo divulgado. Vamos ter serenidade. Eu aprendi a fazer política dessa forma, aprendi isso a vida toda. Vamos aguardar. Divulguei uma nota com a minha verdade”, afirma Romero.

Segundo o prefeito campinense, renunciar da sua candidatura para Cartaxo, não é uma desistência, naquele momento por conta de uma discussão que houve ele tenha dito que gostaria muito de ser votado, mas admitia votar. “Nunca agi dando seta para esquerda e segui para direita. Mas vamos virar a página e vê o que acontece, até porque o presidente do partido dele, Rômulo Gouveia se surpreendeu”, declarou.

Romero disse que se hoje é prefeito de Campina é porque abriu mão duas vezes, onde uma das vezes perdeu para a postulação de Rômulo para prefeitura. “Se não for candidato a governador, vou continuar como sempre governando a cidade mais maravilhosa do Brasil”, completou.

O tucano disse ainda que o encontro com Bolsonaro foi uma coincidência, onde cumprimentou um paraibano que tem uma relação estreita com ele e o conterrâneo o convidou para sentar à mesa, onde Bolsonaro disse que podia contar com ele para sua candidatura ao governo paraibano. “Acredito que as pessoas tem que ter um pouco mais de maturidade para a questão política”, finaliza.

Da Redação

Compartilhar

Enquete

Você concorda com a volta às aulas presenciais este ano?

Cotações

  • Dólar Turismo
  • Libra
  • Peso Arg.
  • Bitcoin

Denuncie pelo WhatsApp